Como aplicar o mindifulness no ritual do chá

19 maio 21
Como aplicar o mindifulness no ritual do chá

Um termo que ganhou popularidade nos últimos anos e está cada vez mais em alta entre as tendências de bem estar, mindfulness é um conjunto de técnicas ou práticas que auxiliam no estado de atenção plena, que é a capacidade de estar atento ao momento presente sem distrações. Neste post, você poderá entender como aplicar o mindfulness no ritual do chá.

Você já parou para pensar em quantas coisas no seu dia você faz de forma automática, quase que sem pensar? Acordar, escovar os dentes, tomar café, dirigir, conversar com alguém, executar uma tarefa. 

É como se economizássemos energia para conseguir fazer as coisas de forma tão trivial, que muitas vezes nossos pensamentos estão completamente distantes da tarefa que estamos executando no momento.

É tão comum, que cerca de 47% do nosso tempo fazemos coisas de forma completamente automática. Com isso, a tendência é que ao longo do tempo, nosso cérebro pare de evoluir, afetando diversas áreas do nosso organismo.

O que é mindfulness?

Diferente do que muitas pessoas imaginam, o mindfulness não é um estado de não pensar em nada. É apenas um momento em que todas as suas atenções estão voltadas para o agora, enquanto você pode observar seu pensamento fluir, sem ser dominado por ele. 

O estado de atenção plena permite que você tenha total consciência do que está acontecendo, sem distrações, ciente dos seus movimentos, pensamentos e barulhos ao redor. Ou seja, é estar completamente focado no agora.

Existem diferentes técnicas para praticar mindfulness e uma das mais conhecidas é a meditação, que exige prática constante para evolução. No entanto, com pequenas ações cotidianas é possível praticar a consciência para atividades do dia a dia, como no preparo de um chá.

Benefícios da prática de mindfulness

A neurocientista Sara Lazar que é professora na Harvard Medical School e pesquisadora no Massachusetts General Hospital, foi uma das primeiras a documentar os benefícios que a meditação mindfulness pode trazer para os humanos.

Na época, Sara começou a meditar por necessidade pessoal e passou a notar mudanças em seu cotidiano. 

Foi então que decidiu investir em pesquisa voltada no tema, que revelou que a prática de atenção plena pode mudar a massa cinzenta do cérebro, ampliando-a – enquanto normalmente ela diminui com o tempo, além de melhorar as regiões cerebrais relacionadas à memória, concentração e regulação das emoções.

Outros benefícios da prática de mindfiulness também foram descobertos em novas pesquisas, como o autocontrole, aumento da produtividade, melhoria no bem estar, autocompaixão e diminuição dos níveis de estresse.

Como aplicar o mindfulness no ritual do chá?

1 Escolha um chá, sem pressa

Pare e escolha um chá que combine com o seu humor do dia. Esse já é um importante exercício para trazer a consciência para o seu corpo e mente, para entender mais sobre o que você está sentindo.

Se sente agitado? Que tal aproveitar e escolher uma combinação para relaxar? Acordou com preguiça? E se você apostar em um chá revitalizaste, para melhorar a concentração e disposição?

mindfulness preparo do cha

2 Pegue os utensílios 

Separe os utensílios que você irá usar para preparar seu chá ou infusão. Separe a água, coloque para aquecer na temperatura correta. Sinta cada etapa, repare nos formatos dos objetos e tente olhar de outra maneira, além do seu piloto automático.

utensilios de cha

3 Esteja presente no preparo

Sim, esteja presente no preparo e evite distrações. Ao invés de olhar as notificações do smartphone ou responder uma mensagem, deixe os equipamentos eletrônicos em off e escolha estar por inteiro no momento. Abra o pacote do chá e sinta os aromas das ervas.

Coloque-as com cuidado em um recipiente e preste atenção. Qual é o formato dos ingredientes? São do mesmo tamanho? Possuem os mesmos aromas? Tente perceber cada detalhe, notando cada movimento.

preparo do cha

4 Acompanhe a transformação

Repare no processo de transformação das ervas secas entrando em contato com a água. Elas permanecem no mesmo formato que antes? O que mudou? E quais aromas você consegue sentir?

Feche os olhos e tente se aprofundar ainda mais nos aromas, sentindo cada nota e o movimento da sua respiração.

Caso seus pensamentos mudem rapidamente para uma outra distração (que é algo bem comum), respire fundo e volte para o chá aos poucos, tentando focar sua atenção no seu corpo e na bebida.

xícara de cha em infusao

5 Atenção plena na xícara

Agora que seu chá está pronto, dedique alguns minutos para observar a sua xícara. Sinta seus dedos segurando no corpo do objeto, sinta a temperatura. Perceba como é o licor, qual é a cor que apresenta, se possui transparência ou se é turvo, se há sedimentos no fundo da xícara.

Feche os olhos e leve sua atenção para as suas mãos e sinta. Descreva, em seu pensamento, as sensações. Leve até a altura do nariz e respire fundo, para sentir a riqueza dos aromas. Ouça o barulho ao seu redor. O que está acontecendo?

E se alguma distração surgir, respire profundamente algumas vezes e tente voltar para o exercício. Prove o chá e sinta o licor passar pela sua boca e percorrer o organismo. 

Reflita sobre a experiência

Tire alguns minutos para refletir sobre a experiência. Se foi fácil ou muito difícil, qual foi o maior desafio e como você pode incluir a técnica na sua rotina.

Comece aos poucos, fazendo algumas vezes na semana e vá evoluindo, de acordo com a sua necessidade e vontade. 

mindfulness e cha

Aproveite e veja mais sobre como os chás podem ajudar na concentração.